WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia



agosto 2020
D S T Q Q S S
« jul    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  



Intervenção no Rio é ‘decisão muito dura’, diz Rodrigo Maia

Ele lembrou que a ação é algo excepcional, desde a Constituinte de 1988

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse na manhã desta sexta-feira (16) que a intervenção na área de segurança no Rio de Janeiro é uma decisão “muito contundente, dura e num momento extremo” do governo federal.

O deputado disse que foi convidado para participar da reunião com o presidente Michel Temer nesta quinta-feira, 15, e que o próprio governador do Rio, Luiz Fernando Pezão (PMDB), disse que a intervenção era a única solução. “Como o governador disse que era o único caminho, parece que, nestas condições, a forma de restabelecer a ordem é essa”, afirmou Maia.

Em café da manhã com jornalistas, Maia disse que não sabe qual o prazo de intervenção e que agora é preciso estabelecer as regras e as estratégias do governo. Ele lembrou que a ação é algo excepcional, desde a Constituinte de 1988.

Maia disse ainda que, com a intervenção, a agenda de segurança passa a ter prioridade tanto no Executivo quanto no Congresso Nacional. No encontro com a imprensa, Maia ressaltou que a situação do Rio de Janeiro é a última opção diante do descontrole na área da segurança. Para ele, é preciso que a intervenção seja de curto prazo e que gere resultado.

Ele anunciou que haverá outra reunião nesta sexta para discutir os prazos da intervenção, perto do horário do almoço. “Acho que o governo e o Congresso precisam pensar em agenda para endurecer as leis em relação a tráfico de drogas e armas. Não é apenas a intervenção, é a necessidade de ter leis mais duras e modernizá-las”, declarou.

fonte: Correio da Bahia

RádioZap especial de Carnaval!!! Homenagem aos protestos alegóricos

Abram alas porque o RadioZap Circo brasileiro vai invadir os sambódromos e circuitos do país para aplaudir de pé você carnavalesco, você folião brasileiro que reconstruiu neste carnaval 2018 o conceito do bordão do Pão e Circo, tão peculiar a nossa estrutura politica

Em cinco dias de alegria, farra, dança, animação, o Brasil não deixou de dar  seu recado. Mostrou que mesmo vestindo abadas, fantasias, desfilando em trios ou em carros de alegorias, não esqueceu a verdadeira face do país que esta despida de confetes e purpurinas, que não usa mascaras, pois vive a realidade do dia a dia, que expõe sem festa  a degradação nua e crua do nosso sistema.

 

41 suplentes de senadores assumiram mandato em algum momento da legislatura

Dos 81 senadores eleitos nas eleições de 2010 e 2014, cinco renunciaram, três morreram, dois foram cassados e outros 25 chegaram a se afastar do mandato. Desde então, 41 suplentes assumiram o cargo em algum momento da legislatura.

O principal motivo para o afastamento foi a nomeação para cargos políticos no Executivo, como um ministério ou uma secretaria. Pelo menos 15 senadores titulares saíram temporariamente do Legislativo por esse motivo. Neste ano, o eleitor votará duas vezes para senador. Como o mandato de senador é de 8 anos, 2/3 da Casa serão renovados nestas eleições.

O professor da FGV Direito Rio Michael Mohallem diz que, em muitos casos, o eleitor não tem consciência de quem são os suplentes em uma chapa para senador – o que pode trazer uma frustração “porque eles não foram escolhidos diretamente”. “A verdade é que as pessoas são mais focadas em saber quem é o candidato que puxa a chapa, e não há essa cultura de fazer uma análise da suplência”, afirma.

Doutor em ciência política, Paulo Magalhães acrescenta que cargos no Executivo permitem a implementação de políticas públicas, ou seja, de obras nos redutos eleitorais. Isso aproxima e reforça o elo entre o político e os eleitores.

“Como isso não implica a perda de mandato, é vantagem para os senadores dar voos fora da Casa para, depois, voltar e tentar a reeleição ao Senado. Ou tentar se eleger como governador, nas eleições intermediárias ao mandato de senador “, diz o coordenador do Grupo de Pesquisa Instituições Políticas e Democracia.

Outra justificativa comum para o afastamento foi a licença para tratamento de saúde e assuntos pessoais e a licença em período de campanha eleitoral.

Os senadores Itamar Franco (MG), João Ribeiro (TO) e Luiz Henrique (SC) morreram durante o mandato e, por isso, o cargo foi assumido pelo suplente. Demóstenes Torres (GO) e Delcídio do Amaral (MS) foram cassados. Já o tucano Aécio Neves (MG) foi o único caso de senador afastado do mandato por determinação do Supremo Tribunal Federal, mas o suplente da chapa não chegou a assumir porque o Senado derrubou a decisão.

Quatro senadores renunciaram ao cargo de senador para tomar posse como prefeito ou governador. São eles:

Renúncia por conta de cargo eletivo

Titular Suplente em exercício Por que renunciou?
Rodrigo Rollemberg (PSB) Hélio José (PMDB) Eleito governador do Distrito Federal
Pedro Taques (PSDB) José Medeiros (PSD) Eleito governador de Mato Grosso
Wellington Dias (PT) Regina Sousa (PT) Eleito governador do Piauí
Marcelo Crivella (PRB) Eduardo Lopes (PRB) Eleito prefeito do Rio

Indicado pelo próprio Senado para a vaga de ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) em dezembro de 2014, o então senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) também precisou renunciar ao cargo. Desde 22 de dezembro de 2014, a vaga no Senado é de Raimundo Lira (MBD-PB).

 Os senadores Cássio Cunha Lima (PSDB-PB), João Capiberibe (PSB-AP) e Jader Barbalho (PMDB-PA) tomaram posse apenas no fim de 2011 porque tinham sido enquadrados na Lei da Ficha Limpa. A posse foi liberada pelo STF após decisão de que a legislação não valia para as eleições de 2010.
fonte: G1

Carnaval carioca leva para Marquês de Sapucaí a crise politica do Rio de Janeiro

O primeiro dia do Grupo Especial do Rio foi marcado por protestos nos desfiles e por  problemas da Grande Rio, que estourou o tempo após ter um carro quebrado e perderá 0,5 ponto pelo atraso.

A Paraíso de Tuiuti recontou a história da escravidão no Brasil e fez críticas à reforma trabalhista aprovada recentemente.

O destaque ficou no último carro da escola, que levou um vampiro com uma faixa presidencial para a Marquês de Sapucaí.

A Mangueira condenou o corte de verbas da Prefeitura do Rio, que neste ano repassou menos dinheiro às escolas de samba, com  criticas diretas ao prefeito Marcelo Crivella.

Também desfilaram neste primeiro dia Império Serrano, São Clemente, Vila Isabel e Mocidade Independente de Padre Miguel, que tenta o bicampeonato.

fonte: G1

PM e Detran fiscalizam o trânsito no Carnaval de Salvador

Na noite deste domingo (11), a Polícia Militar da Bahia (PMBA) e o Departamento de Trânsito do Estado da Bahia (Detran), através da Operação Paz no Trânsito, intensificaram as ações de fiscalização, ostensivas e preventivas no Carnaval de Salvador.

Durante a ação, os policiais militares e os agentes de trânsito estão realizando o teste do bafômetro nos condutores de veículos circulantes nas vias de trânsito em Salvador. Entre os objetivos da operação, estão o cumprimento da Lei Seca e a fiscalização de irregularidades nos veículos e no trânsito. A finalidade primordial das equipes é preservar a vida dos condutores e pedestres e reduzir a incidência de acidentes no trânsito.

Os locais de atuação são definidos de acordo com as estratégias de comando entre a PM e o Detran. Entre a última quinta-feira (8) e o sábado (10), já foram abordadas 701 pessoas, 96 veículos autuados e quatro testes de alcoolemia, que apesar dos resultados positivos apontados no bafômetro para a ingestão de álcool, o diagnóstico está abaixo do limite que configura crime, implicando tão somente em infrações de trânsito.

Para o coordenador da Operação Paz no Trânsito pela Polícia Militar, major Vergne, a ação é muito importante para a o estado da Bahia, “considero uma das atividades mais eficazes realizadas pela PM no âmbito do trânsito, porque atuamos diretamente na preservação da vida e na prevenção de acidentes com vítimas”, comentou.

Última atualização em Dom, 11 de Fevereiro de 2018 23:58

fonte: Policia Militar da Bahia

PF combate o câmbio ilegal de moedas estrangeiras no Espírito Santo

 

A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (8/2) a Operação Paralelo, com o objetivo de combater o câmbio ilegal de moedas estrangeiras no Espírito Santo. Na ocasião três pessoas foram presas preventivamente e foram cumpridos 19 mandados de busca e apreensão em Vitória, Vila Velha, Serra e Nova Venécia. Três casas de câmbio tiveram as atividades suspensas. Participaram da ação 76 policiais.

As investigações foram iniciadas com o recebimento de notícia-crime indicando a atuação de uma agência de turismo de Vila Velha no mercado de compra e venda de moeda estrangeira sem a autorização necessária do Banco Central. Com o avanço das investigações, foi possível identificar que o fornecedor de moeda estrangeira da agência de turismo era o proprietário de uma correspondente em operações de câmbio localizada em Vitória/ES. Estima-se que, apenas em 2016, a agência de turismo recebeu cerca de R$ 9 milhões de clientes interessados em comprar dólares e euros.

Apesar de possuir autorização do Banco Central para operar na compra e venda de moeda estrangeira, a casa de câmbio fornecia dólares e euros para a agência de turismo de forma ilegal, no mercado paralelo ou utilizando-se de dados falsos para registrar as operações. Outra irregularidade observada era o fracionamento de operações de câmbio com o objetivo de burlar o limite para venda de moeda estrangeira sem necessidade de comprovação de renda.

Mais uma correspondente em operações de câmbio com autorização de funcionamento do Banco Central foi identificada atuando na compra e venda de moeda em espécie no mercado paralelo, sem registro das transações no Banco Central, bem como promovendo transferências internacionais por meio de operações de dólar-cabo.

Foram identificadas, ainda, outras duas empresas que atuavam de forma clandestina no mercado de moeda estrangeira sem autorização do Banco Central. No caso dessas empresas, todas as operações de câmbio eram ilegais.

Durante as investigações, foram apreendidos aproximadamente 200 mil dólares negociados no mercado paralelo, que estavam sendo transportados sem documentação comprovando a origem do dinheiro.

Os investigados responderão pelos seguintes crimes previstos na Lei dos Crimes Contra o Sistema Financeiro Nacional: operar instituição financeira sem autorização (para o caso das empresas clandestinas), gestão fraudulenta, movimentar recurso ou valor paralelamente à contabilidade exigida pela legislação, atribuir a terceiro falsa identidade para realizar operação de câmbio e efetuar operação de câmbio não autorizada, bem como responderão pelo crime de lavagem de dinheiro, cujas penas poderão alcançar de 4 a 36 anos, se somadas.

fonte: Agencia de Notícias Policia Federal

Na primeira noite de folia, 240 pessoas são conduzidas à delegacia por uso e posse de drogas

Na quinta-feira (8), primeira noite oficial do Carnaval de Salvador, equipes do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), lotadas nos três postos do departamento especializado nos circuitos, conduziram 240 pessoas por porte ou uso de drogas.

Desse total, 115 pessoas foram conduzidas para o posto da Barra, resultando em 113 procedimentos lavrados, já em Ondina, os 87 conduzidos assinaram Termo Circunstanciado Ocorrência (TCO). No posto do circuito Osmar (Piedade), 38 procedimentos foram registrados após a condução de 38 pessoas.

Segundo a Polícia Civil, o diretor do Draco, delegado Marcelo Sansão, informou que em 2018 foram lavrados 238 procedimentos, nos postos do departamento, contra 199 lavrados em 2017, um aumento de 16,4%.

fonte: Bocão News

fon

Partido Progressista desmente Mário Alexandre

Para restabelecer a verdade, o Partido Progressista, através da Comissão Executiva de Ilhéus, vem a público contestar veementemente a nota distribuída pelo prefeito Mário Alexandre para justificar o cancelamento do Carnaval. Inicialmente, entendemos que o Carnaval, por ser um evento de cunho cultural e tradicional, deveria ser realizado a partir de um planejamento eficiente que contemplasse os investimentos necessários para o evento.

Objetivando justificar a falta desse planejamento, o prefeito declarou que “os recursos economizados” seriam destinados à saúde, e de forma desastrosa e irresponsável tentou colocar a culpa no governo anterior, que, segundo ele, teve “obras paralisadas por falta de prestação de contas do antecessor”. Em verdade, o governo anterior reformou 41 unidades da Secretaria de Saúde com recursos próprios, e através de convênios firmados deixou três unidades a serem iniciadas, cinco com obras em andamento e uma concluída com a devida prestação de contas. Igualmente através de convênios ampliou e reformou sete unidades de saúde.

Com relação às obras em andamento, após concluídas,  cabia ao novo governo apresentar as prestações de contas, o que não ocorreu em tempo hábil. A população deve tomar conhecimento que o atual governo deixou de alimentar o sistema de prestação de contas nos primeiros meses da administração, ocasionando a suspensão da maioria dos convênios. Todos os dados aqui relatados estão disponíveis no site do Ministério da Saúde, que pode ser acessado por qualquer cidadão. O governo anterior deixou em caixa na Secretaria de Saúde um montante de R$ 11 milhões e 300 mil reais, e em janeiro do ano seguinte foi creditado mais de três milhões referentes às competências de setembro a dezembro de 2016, totalizando quase 15 milhões de reais. O que foi feito com esse recurso não se sabe. No final do governo anterior, apenas um posto de saúde encontrava-se paralisado, e hoje, diante da inercia e incompetência da administração, quase toda rede está fechada ou com funcionamento precário.

Os dados do Ministério da Saúde, que podem ser acessados na internet, demonstram a queda vertiginosa das ações de saúde do atual governo, o que tem contribuído com o grande desgaste da administração. Mesmo assim, nosso desejo é de que o governo atual acerte o passo, para que a população não sofra com a degradação de um serviço tão essencial para a vida.

Atenciosamente,

Executiva Municipal do Partido  Progressista

.

Editorial RádioZap: Carnaval é tempo de aposentar a consciência cívica até Quarta Feira de Cinzas!

Moralistas hipócritas ou hipócritas moralistas? Estamos vivendo a mais tensa inversão de valores, pois hoje elas não sobem apenas nos púlpitos para blefar falácias para convencer a massa a comprar suas ideias. Hoje a hipocrisia e a moralidade, que deveriam ser opostas, são aliadas e cúmplices, e invadiram também o judiciário.

Quem diria, que hoje as redes sociais iriam julgar a ética dos nossos magistrados? Quem diria que hoje, a grande massa poderia contestar decisões dos “Supremos Tribunais”? Quem hoje imaginaria que em uma sentença Réu e Juiz bateriam boca e se igualariam a políticos em época de eleição? Quem diria, que hoje, o Brasil viveria o maior dos seus conflitos ideológicos.

Condenou-se “alguns” políticos porque roubaram. O que? Quem? Porque? Pra que? Pelos mesmos motivos que ignoraram as sentenças de outros políticos, que nem sequer foram investigados.  Porque? Pra que? Por quem?.

Nos parece que não temos mais justiça imparcial, temos apenas políticas “togadas“.

Estamos vendo brasileiros militarem pela causa de um juiz, como se sua sentença fosse decidida em uma partida de futebol.

Dai, a figura de um símbolo da justiça, virou debate em mesa de bar. Discute-se agora seus bens, suas comissões, suas verbas, seus salários, seus adicionais…

Resultado? O juiz virou  réu ao conceito social… e cabe a grande massa julgar sua inocência.

Ao invés de condenar quem infringe a lei, condenamos quem condena culpados porque, dos crimes em que julgou, uma parte parece que também já foi praticado por este que julga o suposto culpado.

Mas, esqueçam, o ano só esta começando, estamos em pleno carnaval… Quem vai lembrar de politica, quando a indústria do Pão e do Circo já abriu alas para ignorância cívica?

Bom Carnaval e até a Quarta Feira.. Que não nos traga apenas as Cinzas do nosso Brasil.

 

por Caliana Mesquita/Jornalista RádioZap CBN

Mãe de sargento da Aeronáutica morto em assalto não consegue ir para enterro

Foi com surpresa que colegas do sargento da Aeronáutica Ricardo Cerqueira Dias, 43, souberam que ele tinha sido morto em um assalto a ônibus. “A lembrança que é eu tenho é de uma pessoa muito tranquila, serena o tempo todo. Por isso estranhamos quando disseram que ele tinha reagido, não era do perfil”, conta o capitão Rogério Diniz, chefe da divisão pessoal, em que ele trabalhava. Ele falou que de vez em quando, Ricardo intervia para acalmar os ânimos.

O capitão Diniz conta que Ricardo teria entrado em luta corporal com os assaltantes do coletivo e que não acredita que ele estivesse armado, pois só o fazia enquanto estava em serviço. O primeiro sargento trabalhava no setor de inativo e pensionistas e costumava lidar com idosos e viúvas. “Ele trabalhava com um público muito sensível, que precisa de um cuidado especial. E ele tinha todo um carisma para isso”, disse.

fonte: Correio da Bahia

AOS INTELIGENTES SOCIAIS🤡🇧🇷

 

 

blog do marcelo


  • Função: Vendedor de Serviços
  • Cidade: Ilhéus
  • Salário: R$1500
  • Empresa: Zmoc
Candidatar

  • Função: Recepcionista de Consultório Médico
  • Cidade: Ilhéus
  • Salário: A combinar
  • Empresa: Clinica Vida Leve
Candidatar

  • Função: Analista de Atendimento
  • Cidade: Ilhéus
  • Salário: R$1500
  • Empresa: (Confidencial)
Candidatar

  • Função: Enfermeiro
  • Cidade: Ilhéus
  • Salário: A combinar
  • Empresa: (Confidencial)
Candidatar

  • Função: Representante Comercial
  • Cidade: Ilhéus
  • Salário: A combinar
  • Empresa: Ovd Importadora E Distribuidor
Candidatar

  • Função: Agente de Negócios
  • Cidade: Ilhéus
  • Salário: A combinar
  • Empresa: Multimaisvoce
Candidatar

  • Função: Vendedor
  • Cidade: Ilhéus
  • Salário: A combinar
  • Empresa: Reviver Cemitério Parque
Candidatar

  • Função: Consultor de Vendas
  • Cidade: Ilhéus
  • Salário: A combinar
  • Empresa: (Confidencial)
Candidatar

  • Função: Promotor de Vendas
  • Cidade: Ilhéus
  • Salário: R$1089.45
  • Empresa: Pleno Consultoria Ltda
Candidatar

  • Função: Consultor de Vendas
  • Cidade: Ilhéus
  • Salário: R$1130
  • Empresa: (Confidencial)
Candidatar

Powered by SINE


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia