WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

 

 

agosto 2019
D S T Q Q S S
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

:: ‘Videos’

E OS DEPUTADOS DA BAHIA???? CONFIRA OS GASTOS NO PRIMEIRO SEMESTRE DE 2019

DOS 513 DEPUTADOS QUE COMPÕEM A CÂMARA FEDERAL, A BAHIA É RESPONSÁVEL POR 39 CADEIRAS.

EM UM SISTEMA DEMOCRÁTICO NEM TODOS PENSAM IGUAIS, NEM TODOS ENTENDEM POLÍTICA DA MESMA FORMA. MAS NÓS, NA CONDIÇÃO DE PATRÕES, TEMOS O DIREITO E O DEVER DE SABER COMO ESTA SENDO GASTO NOSSO CAPITAL, DISFARÇADO DE IMPOSTOS, MAS QUE NA VERDADE É O QUE FINANCIA A VIDA BOA DE NOSSOS “MARAJÁS DE TERNO”.

SE O PORTAL DA TRANSPARÊNCIA AINDA NÃO É UM HABITO SEU, QUERIDO RADIOZAPEIRO, LHE CONVIDO A FAZER USO DA LEI DE ACESSO A INFORMAÇÃO ( Nº 12.527/2011), E NAVEGAR PELOS GABINETES VIRTUAIS DESTES POLÍTICOS DE MANDATO..

E NADA MAIS FASCINANTE DO QUE COMEÇAR ESSA “FUÇADA” PELA CÂMARA DE DEPUTADOS (https://www.camara.leg.br/) PARA QUE VOCÊ POSSA CHECAR OS NOSSOS DADOS E TIRAR SUAS PRÓPRIAS CONCLUSÕES…

SEGUE TABELA CONTENDO VALOR GASTO, NOS ULTMOS 7 (SETE) MESES DE PARLAMENTO E O NUMERO DE PROPOSTAS APRESENTADAS E NUMERO D VEZES EM QUE SE DIRIGIU AO PLENÁRIO E FEZ USO DA PALAVRA.

 

 

GASTOS COM COTA PARLAMENTAR 1º SEMESTRE/2019
DEPUTADO FEDERAL GASTOS PROPOSTAS PARTICIPAÇÃO EM PLENÁRIO
FÉLIX MENDONÇA JÚNIOR R$ 247.999,87 24 0
PASTOR SARGENTO ISIDÓRIO R$ 105.432,55 33 43
OTTO ALENCAR FILHO R$ 115.481,33 26 8
BACELAR R$ 177.138,06 47 52
PROFESSORA DAYANE PIMENTEL R$ 151.996,42 25 9
JORGE SOLLA R$ 239.931,05 123 69
AFONSO FLORENCE R$ 203.173,90 39 45
ZÉ NETO R$ 114.550,03 60 72
ANTONIO BRITO R$ 214.317,73 23 7
ALICE PORTUGAL R$ 214.753,99 106 116
WALDENOR PEREIRA R$ 184.800,59 27 11
VALMIR ASSUNÇÃO R$ 203.786,99 79 77
RONALDO CARLETTO R$ 221.472,76 21 15
JOSIAS GOMES R$ 93.811,98
MARCELO NILO R$ 205.883,19 15 50
DANIEL ALMEIDA R$ 236.202,12 70 96
CACÁ LEÃO R$ 180.021,13 6 8
SÉRGIO BRITO R$ 93.791,50 0 0
LÍDICE DA MATA R$ 130.243,47 51 29
CLAUDIO CAJADO R$ 194.067,09 7 10
ELMAR NASCIMENTO R$ 218.756,56 17 5
ADOLFO VIANA R$ 92.134,66 12 6
MÁRIO NEGROMONTE JR. R$ 191.696,75 13 1
NELSON PELLEGRINO R$ 206.302,42 66 50
JOSÉ NUNES R$ 217.237,45 11 6
MÁRCIO MARINHO R$ 204.391,29 9 3
ARTHUR OLIVEIRA MAIA R$ 229.410,31 8 10
JOÃO CARLOS BACELAR R$ 200.881,25 24 3
JOÃO ROMA R$ 121.006,62 36 11
PAULO AZI R$ 165.907,56 20 18
JOSÉ ROCHA R$ 231.456,74 8 15
LEUR LOMANTO JÚNIOR R$ 151.070,80 10 15
ULDURICO JUNIOR R$ 244.942,16 3 3
ALEX SANTANA R$ 180.581,34 18 3
IGOR KANNÁRIO R$ 180.079,76 20 0
ABÍLIO SANTANA R$ 164.178,01 2 2
TITO R$ 158.297,67 12 19
RAIMUNDO COSTA R$ 131.690,86 18 1

NOVO CANAL DO YOU TUBE TROUXE ILHÉUS COMO PAUTA PRINCIPAL E AGITOU O CENÁRIO POLÍTICO DA CIDADE

A  semana de estreia do canal do you tube RádioZap Circo Brasileiro, da jornalista Caliana Mesquita, mostrou que Ilhéus será pauta principal da programação diária deste novo veiculo de comunicação virtual. Nos seus primeiros cinco programas, intitulado Bom dia Inteligentes Sociais, a apresentadora teceu comentários fortes sobre a atual administração pública da cidade, fazendo do seu espaço, realmente o fiel retrato do seu slogam ” Olhos, ouvidos e a boca da sociedade”.

 

Além de ironizar a participação do Governador da Bahia, do Prefeito de Ilhéus e de vereadores na abertura do supermercado privado, na cidade, o programa trouxe a tona reclamações de seguidores sobre as estradas na cidade, a exemplo do Rio do Braço e da precariedade do transporte coletivo em Ilhéus, afirmando que ” Quando Ilhéus se libertar do cartel viário ela, por consequência, se libertará deste cartel político, que circula a nossa cidade”, afirmou a jornalista após apresentar imagens do estado dos ônibus em Ilhéus.

Contemplando a região cacaueira, o programa Bom dia Inteligentes Sociais, também trouxe para pauta a CEPLAC,  instituição que esta há mais de 20 anos sem ser revitalizada. Como foco da abordagem, a apresentadora relatou uma conversa que teve com o atual Diretor Geral do orgão, Guilherme Galvão, onde o mesmo afirmou que ainda este ano a CEPLAC lançará edital para seletiva, que contratará 150 profissionais, entre 65 de nível superior e 85 nível médio. A notícia foi avaliada com entusiasmo pelo seguimento de produtores, estudantes e profissionais ligados a áreas voltadas para ciência e pesquisa do cacau.

 

Os temas, abordados pela programação, seguem sugestões de seguidores, que podem enviar fotos, videos ou mesmo áudios contando problemas enfrentados pela comunidade.

 
 

Outro víeis da programação é a já tradicional cronica, iniciada no whatsaap pelo RádioZap Circo Brasileiro. Durante esta semana foi discutido também as declarações da Damares Alves ( Ministra dos Direitos Humanos, Mulher e Familia). do Presidente da República, Bolsonaro, e por fim a programação entrou em reflexão polêmica sobre Depressão e Suicídio, como contraponto aos casos que repercutiram na cidade de Ilhéus com a morte de duas pessoas vitimas de depressão, durante esta semana.

O programa Bom dia Inteligentes Sociais, acontece diariamente de segunda a sexta feira, sempre a partir das 7:30h da manhã. Inscrevam-se, curtam e deixem seu comentário.

 

Bolsonaro: ‘Se o presidente da OAB quiser saber como o pai desapareceu no período militar, eu conto para ele’

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta segunda-feira (29) que “um dia” contará ao presidente da Ordem do Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, como o pai do jurista desapareceu na ditadura militar, caso a informação interesse ao filho.

Segundo Bolsonaro, Santa Cruz “não vai querer saber a verdade” sobre o pai, Fernando Augusto de Santa Cruz Oliveira, que desapareceu no período na ditadura militar (1964-1985).

O presidente deu a declaração ao comentar o desfecho do processo judicial que considerou Adélio Bispo, autor da facada em Bolsonaro durante a campanha eleitoral, inimputável (isento de pena devido a doença mental). Por isso, ele ficará em um manicômio em vez de um presídio.

Antes de falar sobre o pai de Santa Cruz, Bolsonaro criticou a atuação da OAB no caso de Adélio Bispo e perguntou qual era a intenção da entidade. Segundo o presidente, a ordem teria impedido o acesso da Polícia Federal ao telefone de um dos advogados do autor da facada.

“Por que a OAB impediu que a Polícia Federal entrasse no telefone de um dos caríssimos advogados [do Adélio]? Qual a intenção da OAB? Quem é essa OAB?”, questionou o presidente.

Sem ser questionado, Bolsonaro falou na sequência sobre o pai do presidente da OAB.

“Não é minha versão. É que a minha vivência me fez chegar às conclusões naquele momento. O pai dele integrou a Ação Popular, o grupo mais sanguinário e violento da guerrilha lá de Pernambuco, e veio a desaparecer no Rio de Janeiro”, complementou.

Em nota de repúdio às declarações de Bolsonaro, a OAB afirmou que todas as autoridades do país devem “obediência à Constituição Federal”, que tem entre seus fundamentos “a dignidade da pessoa humana, na qual se inclui o direito ao respeito da memória dos mortos” (leia a íntegra da nota ao final da reportagem).

Disse ainda que o cargo de presidente exige equilíbrio e respeito aos valores constitucionais, “sendo-lhe vedado atentar contra os direitos humanos”. Por último, a diretoria da OAB manifestou solidariedade não só à família do presidente da entidade mas também a “todas as famílias daqueles que foram mortos, torturados ou desaparecidos” no país.

Conforme informou o colunista do G1 Matheus Leitão, o pai do presidente da OAB militou no movimento estudantil e participou da Juventude Universitária Católica (JUC), movimento da Igreja reconhecido pela hierarquia eclesiástica, e depois integrou a Ação Popular (AP), organização de esquerda contrária ao regime.

DIDA44 BSB ARAGUAIA/CARTAZ- NACIONAL – O deputado Jair Bolsonaro exibe um cartaz onde protesta contra a procura dos restos mortais dos guerrilheiros do Araguaia. Em seu gabinete no Congresso Nacional. 01/12/2004 Foto: DIDA SAMPAIO/AGENCIA ESTADO/AE

Fernando desapareceu em um encontro que teria no Rio de Janeiro, em 1974, com um colega militante, Eduardo Collier Filho, da mesma organização. Segundo o livro “Direito à memória e à verdade”, produzido pelo governo federal, Fernando e o colega foram presos juntos em Copacabana por agentes do DOI-CODI-RJ em 23 de fevereiro daquele ano.

Sobre a declaração de Bolsonaro, a diretora da Anistia Internacional, Jurema Werneck disse que “é terrível que o filho de um desaparecido pelo regime militar tenha que ouvir do presidente do Brasil, que deveria ser o defensor máximo do respeito e da justiça no país, declarações tão duras”.

A nota diz ainda que o Brasil deve adotar as medidas necessárias para que casos como esses sejam levados à Justiça e que o direito à memória, justiça, verdade e reparação das vitimas, sobreviventes e suas famílias deve ser defendido e promovido pelo Estado brasileiro e seus representantes.

‘Ato abominável’

Em abril de 2016, dias depois de aberto o processo de impeachment contra a ex-presidente Dilma Rousseff (PT), a seccional da OAB do Rio de Janeiro, comandada à época por Felipe Santa Cruz, protocolou na Câmara dos Deputados um requerimento pedindo a cassação do mandato do então deputado Jair Bolsonaro por quebra de decoro parlamentar e apologia à tortura.

Na oportunidade, Bolsonaro, ao declarar seu voto favorável à abertura do impeachment, homenageou Carlos Alberto Brilhante Ustra, condenado por tortura durante a ditadura militar.

“Pela memória do Coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra, o pavor de Dilma Rousseff”, disse o então deputado ao votar pela abertura do processo.

A seccional da OAB do Rio também enviou um ofício ao então procurador-geral da República, Rodrigo Janot, classificando a declaração como um “ato abonminável” e pedindo providência do Ministério Público.

Ustra foi condenado na área cível a pagar indenização por danos morais por tortura. O relatório final da Comissão Nacional da Verdade afirma que Ustra cometeu crimes de tortura e execuções.

OAB no caso Adélio

Em março, o desembargador do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) Néviton Guedes atendeu a pedido Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (CFOAB) e da OAB de Minas Gerais e suspendeu apurações sobre a suposta participação do advogadoZanone Manuel de Oliveira Júnior, que defendeu Adélio, no atentado contra o presidente.

Em dezembro, sob justificativa de tentar identificar quem estaria financiando a defesa do autor do atentado, a PF em Minas Geraiscumpriu dois mandados de busca e apreensão em endereços ligados ao advogado.

Foram apreendidos na ocasião livros caixa, recibos e comprovantes de pagamento de honorários e de seu aparelho telefônico. Na ocasião, a OAB disse que ação da PF em locais ligados a Zanone “viola prerrogativas da advocacia”.

‘Maluco até morrer’

Bolsonaro também comentou a decisão da Justiça Federal de considerar Adélio inimputável e impor medida de segurança de internação por prazo indeterminado. O presidente e o Ministério Público Federal não recorreram da decisão e o processo foi encerrado.

Com a decisão, após análises de laudos psiquiátricos, Adélio não poderá ser punido criminalmente após facada contra Bolsonaro.

Bolsonaro explicou que, como não recorreu, Adélio será considerado “maluco até morrer”, detido em um manicômio judicial. O presidente disse desejar que Adélio revele mais informações sobre o atentado.

“Como não recorri, agora ele é maluco até morrer. Vai ficar em um manicômio judicial, uma prisão perpétua. Estou sabendo que ele está aloprando lá. Abre a boca, pô. Ah, não tem valor porque é maluco, abre a boca, pô! Quem sabe dê o fio da meada”, disse o presidente.

Nota

Leia a íntegra da nota divulgada pela diretoria da Ordem dos Advogados do Brasil:

NOTA DE REPÚDIO ÀS DECLARAÇÕES DO PRESIDENTE DA REPÚBLICA

A Ordem dos Advogados do Brasil, através da sua Diretoria, do seu Conselho Pleno e do Colégio de Presidentes de Seccionais, tendo em vista manifestação do Senhor Presidente da República, na data de hoje, 29 de julho de 2019, vem a público, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo artigo 44, da Lei nº 8.906/1994, dirigir-se à advocacia e à sociedade brasileira para afirmar que segue:

1. Todas as autoridades do País, inclusive o Senhor Presidente da República, devem obediência à Constituição Federal, que instituiu nosso país como Estado Democrático de Direito e tem entre seus fundamentos a dignidade da pessoa humana, na qual se inclui o direito ao respeito da memória dos mortos.

2. O cargo de mandatário da Chefia do Poder Executivo exige que seja exercido com equilíbrio e respeito aos valores constitucionais, sendo-lhe vedado atentar contra os direitos humanos, entre os quais os direitos políticos, individuais e sociais, bem assim contra o cumprimento das leis.

3. Apresentamos nossa solidariedade a todas as famílias daqueles que foram mortos, torturados ou desaparecidos, ao longo de nossa história, especialmente durante o Golpe Militar de 1964, inclusive a família de Fernando Santa Cruz, pai de Felipe Santa Cruz, atingidos por manifestações excessivas e de frivolidade extrema do Senhor Presidente da República.

4. A Ordem dos Advogados do Brasil, órgão supremo da advocacia brasileira, vai se manter firme no compromisso supremo de defender a Constituição, a ordem jurídica do Estado Democrático, e os direitos humanos, bem como a defesa da advocacia, especialmente, de seus direitos e prerrogativas, violados por autoridades que não conhecem as regras que garantem a existência de advogados e advogadas livres e independentes.

5. A diretoria, o Conselho Pleno do Conselho Federal da OAB e o Colégio de Presidentes das 27 Seccionais da OAB repudiam as declarações do Senhor Presidente da República e permanecerão se posicionando contra qualquer tipo de retrocesso, na luta pela construção de uma sociedade livre, justa e solidária, e contra a violação das prerrogativas profissionais.

Brasília, 29 de julho de 2019

Diretoria do Conselho Federal da OAB

Colégio de Presidentes da OAB

Conselho Pleno da OAB Nacional

 

ASSAÍ ILHÉUS: “Cheguei a pensar que estava sendo inaugurada uma obra pública”, diz jornalista em estréia de canal no youtube

Na estreia do canal RádioZap Circo Brasileiro, no YouTube, a jornalista Caliana Mesquita, trouxe a tona as entrelinhas do evento de inauguração do SuperHipermercado Assaí Atacadista, onde de forma autentica e independente teceu críticas sobre o “marketing político” realizado em Ilhéus, em cima de uma obra privada.

“Em Ilhéus o evento mobilizou tantas autoridades que cheguei a pensar que estava sendo inaugurada uma obra pública e que os produtos das prateleiras seriam distribuídos gratuitamente para a população”, argumenta a jornalista em tom irônico ao se referir a presença do Governador da Bahia, Rui Costa, do Prefeito Mario Alexandre e da bancada de vereadores da cidade, que tentaram fazer da abertura do supermercado um evento politiqueiro, com o objetivo nítido de acobertar a ausência de ações efetivas no desenvolvimento de Ilhéus.

Em outro trecho do programa, Caliana Mesquita, faz questionamento sobre o porque que este evento levou tantas autoridades a quererem ser “pais da criança”, visto que a finalidade do empreendimento é comercial. ” Seriam as 400 vagas propostas pela empresa? Mas estas vagas seguirão o critério da meritocracia ou das cartinhas de indicação?”, questiona a apresentadora jogando para o público a reflexão sobre a ausência de empreendimentos na cidade que contemplem a extensa lista de profissionais formados que estão desempregados em busca de campo para depositar seus conhecimentos.

A jornalista, que tem uma longa trajetória na comunicação política regional, pretende levar diariamente assuntos ligados a política local, buscando trazer reflexões a que contribuam para uma ampla análise sobre temáticas que interferem na construção social de nosso sistema. O canal segue com programação diária, com vídeos postados de segunda a sexta feira, sempre as 7:30h, pelo canal RádioZap Circo Brasileiro. Se inscrevam, curtam e compartilhem vale a pena acompanhar o que vem por ai.

Assista ao vídeo na integra:

 
fonte :http://www.novaisnoticias.com.br/v1/2019/07/29/assai-ilheus-cheguei-a-pensar-que-estava-sendo-inaugurada-uma-obra-publica-diz-jornalista-em-estreia-de-canal-no-youtube/

RádioZap CBN parabeniza Ilhéus por 485anos de políticas de “pão e circo”🤡🇧🇷

RádioZap Circo Brasileiro fala sobre o Julgamento do Habeas Corpus de Lula

O relator Fachin vota contra a concessão de habeas corpus ao ex-presidente Lula para evitar prisão após condenação em segunda instância.
Ministro Gilmar Mendes vota a favor do HC do ex-presidente Lula
O ministro Alexandre de Moraes acompanha o relator e vota contra o habeas corpus.

Barroso acompanha o relator e vota contra o habeas corpus.

A ministra Rosa Weber vota contra HC.

O ministro Luiz Fux acompanha o relator e vota pela prisão de Lula, contra o habeas corpus.

 Toffoli vota contra prisão

Rádiozap pergunta: O que você entende por corrupção? A quem interessa um governo que pensa em acabar com a fome? 🤡🇧🇷

 

O RádioZap desta semana, em mais uma edição especial… vem de forma franca, direta e humana, perguntar a você. Que país você quer para o futuro?

Não, não é uma apologia a Rede Globo.. mas faremos dela nosso termômetro moral, ético e cívico… pois são as reportagens dela, que nós fazem estagnar todo e qualquer conceito de corrupção, de ódio politico, de manifestação superficial.. e entender, o que move uma camada recheada do país a defender e lutar por um nome, mesmo quando todo frescor de discursos “politicamente opinativos” desviam o argumento técnico e ignoram a história…

AOS INTELIGENTES SOCIAIS🤡🇧🇷

 

 

 

 

 

blog do marcelo


  • Função: Consultor de Vendas
  • Cidade: Ilhéus
  • Salário: A combinar
  • Empresa: Chocosul Distribuidora Ltda
Candidatar

  • Função: Representante Comercial
  • Cidade: Ilhéus
  • Salário: A combinar
  • Empresa: Maxxi Suprimentos
Candidatar

  • Função: Supervisor de Vendas
  • Cidade: Ilhéus
  • Salário: R$2318.86
  • Empresa: (Confidencial)
Candidatar

  • Função: Vendedor Externo
  • Cidade: Ilhéus
  • Salário: R$1264
  • Empresa: (Confidencial)
Candidatar

  • Função: Promotor de Vendas
  • Cidade: Ilhéus
  • Salário: A combinar
  • Empresa: Arta Fenix
Candidatar

  • Função: Técnico de Enfermagem do Trabalho
  • Cidade: Ilhéus
  • Salário: A combinar
  • Empresa: Prev-Metra
Candidatar

  • Função: Podólogo
  • Cidade: Ilhéus
  • Salário: A combinar
  • Empresa: Sampés Podologia
Candidatar

  • Função: Analista de Logística
  • Cidade: Ilhéus
  • Salário: A combinar
  • Empresa: Gertec
Candidatar

  • Função: Analista de Pessoal
  • Cidade: Ilhéus
  • Salário: R$2000
  • Empresa: Rp3 Combustiveis
Candidatar

  • Função: Recepcionista
  • Cidade: Ilhéus
  • Salário: A combinar
  • Empresa: Confidencial
Candidatar

Powered by SINE


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia